sexta-feira, 28 de maio de 2010

Felizes!

É assim que a gente chegou ao SesiMinas, no último 19 de maio, para assistir e participar da 7ª edição do Prêmio Usiminas/Sinparc.

Eram oito horas da noite e a cerimônia ainda estava longe de começar, mesmo assim um mundo de gente já ocupava o hall do teatro em trajes ‘sport fino’, em plena “quarta-feira brava”... O clima à lá Hollywood ganhava ares pitorescos com as simpáticas meninas da organização de camisas pretas com letreiros eletrônicos (isso mesmo).

Meia hora depois toda a fila havia entrado e as pessoas (incluindo nós) aguardavam tensas (não sei se todos, mas nós com certeza!) o início da cerimônia. Antes, porém, a primeira surpresa da noite: grande parte da platéia se levanta e realiza um número cantando ABBA, como lembrança de que estávamos também em uma festa. Deu pra relaxar um pouco.

Bom, tudo pronto, o prêmio já vai começar!... Entram os apresentadores da cerimônia, na sequência os patrocinadores, junto vêm as primeiras homenagens, logo em seguida aparecem as primeiras categorias e (UHHHUUUUUU!!!) ‘de cara’, nova surpresa: a Confesso! conquista o prêmio de ‘Texto Inédito’!! Nosso coração simplesmente mexe, remexe, estremece de emoção, ainda mais que o resultado veio após uma votação eletrônica ao vivo, super reality show.

Mal sabia ele (nosso coração) do tanto que trabalharia, coitado, naquela noite...

“Meninas super poderosas”
Reeditando em grande estilo o desenho que tanto sucesso faz entre a garotada, nossas atrizes simplesmente arrasaram: primeiro foi a Aksan Lindenberg, acompanhada pelo Deco (André Ferraz), Marcílio Rosa e Germán Milich (pelo menos em imaginação, já que ele, Diretor Musical do espetáculo, não pôde estar presente), que subiu ao palco para buscar o prêmio de ‘Trilha Original’. Depois foi a vez da nossa ‘globulina’, Clarisse Elias, levantar o troféu de ‘Atriz Revelação’ e, por fim, nossa ‘Clarinha’, a Anna Campos, foi agraciada com o reconhecimento de ‘Melhor Atriz’.

Voltávamos para casa muito satisfeitos... Peraí! Na verdade, “voltaríamos” se o melhor não tivesse ficado para o...

“Gran Finale”
"E o prêmio de ‘Melhor Espetáculo Infantil de 2009’ vai para...” Galera, que viagem!! Era a nossa ‘Viagem’ sendo a grande premiada!!!

Isso tudo sem falar nas indicações de ‘Melhor Direção’, para o Deco, ‘Melhor Atriz Coadjuvante’, Michelle Braga, ‘Melhor Ator Coadjuvante’ para mim (o Luiz Gonzaga Oliveira), e ‘Melhor Figurino’, para a Clarisse e pro Ricca.

Depois de ficar tirando dezenas de fotos da platéia, era nossa vez de fotografar do palco aquele tanto de gente voltando as atenções para o nosso trabalho, num momento tão especial...



Aliás, se quiser ver todas as fotos que tiramos na premiação, acesse nosso orkut.


Bom, gente, resumindo, honra, satisfação, gratidão, orgulho... Foi com esses sentimentos que a gente viveu aquela noite e assim que a gente continua até hoje: felizes!


Ps: ah, e para quem ainda não viu o espetáculo (como um tanto de gente da platéia que, no dia do Prêmio, ficava perguntando “Uai! De onde será que esse povo saiu?”) fica então o convite: não deixe de embarcar nessa ‘Viagem’, né?!
Em breve, notícias sobre a agenda do espetáculo, aqui no blog.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O reconhecimento de todos

Quarta-feira agora, a partir de 20h30, acontece a cerimônia do Prêmio Usiminas/Sinparc, e 'A Viagem de Clara' estará presente. O espetáculo recebeu indicação em nove categorias da modalidade de Teatro Infantil:

. 'Texto inédito': Aksan Lindenberg, André Ferraz, Clarisse Elias, Jéssica Azevedo, Luiz Gonzaga Oliveira e Michelle Braga;

. Atriz Revelação: Clarisse Elias;

. Trilha Original: Aksan Lindenberg, André Ferraz, German Milich e Marcílio Rosa;

. Figurino: Clarisse Elias e Ricca;

. Ator coadjuvante: Luiz Gonzaga Oliveira;

. Atriz: Anna Gomes;

. Atriz coadjuvante: Michelle Braga;

. Direção: André Ferraz;

. Melhor espetáculo.

A 'Viagem...' começou como um projeto entre amigos que se reuniram em busca de aprendizado e diversão. Tendo isso sido possível e com reconhecimento, é algo que nos deixa muito, mas muito, mas muito mesmo, felizes!!! Para nós, é uma honra mais esse atestado da qualidade do nosso trabalho.

Resta-nos, por fim, agradecer carinhosamente do fundo do coração e render as devidas homenagens a todos os parceiros que nos acompanharam em nossa jornada e nos abrilhantaram com sua energia e competência. Por isso,

MUITO OBRIGADO! a Aksan Lindenberg - por ser, além de professora, a eterna "melhor aluna", sem falar na espontânea genialidade musical.

MUITO OBRIGADO! a André Ferraz - por sua direção austera e escrachada (legítimo encontro de Minas com Pernambuco).

MUITO OBRIGADO! a Enedson Gomes - literalmente por ser cheio de luz!

MUITO OBRIGADO! a Gabriel Coupé - por suas fotos, cenários e ideias delirantes.

MUITO OBRIGADO! a Germán Milich - por sua confiança e visão extrangeira das coisas.

MUITO OBRIGADO! a Gil Rodrigues - por suas impagáveis lições de belting, regadas a muito estilo.

MUITO OBRIGADO! a Gui Augusto - por suas coreografias "nunca antes vistas na história desse país" (talvez, quem sabe, só na Brodway).

MUITO OBRIGADO! a Jennifer Jacomini - por seu empenho e amparo cuidadoso com todos nós.

MUITO OBRIGADO! a Jéssica Azevedo - por sua belíssima história no espetáculo.

MUITO OBRIGADO! a Marcílio Rosa - por sua vibração de rockstar e carinho imenso.

MUITO OBRIGADO! a Ricca - por ter deixado o nosso figurino 'de perder o fôlego'

MUITO OBRIGADO! a Vinícius Albricker - por seu grande entusiasmo.

Ah, claro, e muito obrigado, ainda, aos nossos colegas-amigos e integrantes do atual elenco do espetáculo: Anna Campos, Leonardo Rocha, Mariana Arruda, Matheus Carcará e Michelle Braga, que, com certeza, nos agradecem muito também pelo grande prazer da nossa companhia. Rsrs.

Enfim, a todos os amigos que torcem por nosso sucesso!

Luiz e Clarisse

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Além do chocolate...

Ostern (alemão)

عيد الفصح (árabe)

Bazko (basco)

Пасха (búlgaro)

Pasqua (catalão)

Pascua (espanhol)

Pasko (esperanto)

Pääsiäinen (finlandês)

Pâques (francês)

Pasche (friulano)

აღდგომა (giorgiano)

Πάσχα (grego)

Húsvét (húngaro)

Easter (inglês)

Cáisg (irlandês)

Paska (islandês)

Pasqua (italiano)

Pascha ou Festa Paschalia (latim)

Lieldienas (letão)

Pasen (neerlandês)

Påske (norueguês)

Wielkanoc (polonês)

Paşti (romeno)

Пасха (russo)

Påsk (sueco)

Paskalya (turco)

Великдень (ucraniano)...


... Páscoa.



Todas, palavras para uma mesma história: ressureição e ascensão de Cristo, após sua paixão e morte.

Todas, cenas que dizem de um mesmo sentido: RENOVAÇÃO (significado especialmente importante, nesse período, para aqueles que crêem ou para aqueles que, simplesmente, vêem beleza nesse conto).

(Que) Todos, depois do descanso desse feriadão gostoso, renascidos e/ou ressuscitados (como o FIT, amém!!!), possamos levar à frente com ainda mais energia e fé (independente de qual seja) nosso teatro, nossa arte, nossa cultura, nossa fantasia... enfim, a Vida.

Esses sãos os votos da Confesso!

terça-feira, 30 de março de 2010

HABEMOS FIT!!!

Prefeitura garante a realização do FIT em 2010

Publicado em 30/03/2010 16:34:47


O prefeito Márcio Lacerda e a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Thaís Pimentel, decidiram que a 10ª Edição do Festival Internacional de Teatro Palco & Rua será realizada normalmente, neste ano de 2010. As dificuldades apresentadas serão contornadas, como ocorreu em todas as edições anteriores.

Paralelamente, a Fundação organizará um seminário para discutir e avaliar todas as questões inerentes ao Festival, visando ao fortalecimento cada vez maior do evento. No seminário deverá ser discutida também a possibilidade de realização de nova edição em 2011, promovendo, então, a mudança para anos ímpares, uma vez que a coincidência com eventos como eleições tem dificultado a organização.

A Fundação Municipal de Cultura comunica que todos os esforços serão desenvolvidos para garantir que a 10ª edição do FIT tenha a qualidade que sempre caracterizou o Festival e que tanto encanta a população de Belo Horizonte.

A Fundação divulgará cada etapa do processo de organização do Festival.



Fonte: http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/noticia.do?evento=portlet&pAc=not&idConteudo=36522&pIdPlc=&app=salanoticias

sexta-feira, 26 de março de 2010

Esquentando tudo em Timóteo...

Calorosa... Assim foi a estréia da 'Viagem de Clara' esse ano. Não só pela vibração do público, que mais uma vez nos prestigiou e acolheu com carinho, mas porque estávamos (foi no último dia 21/03, domingo) em Timóteo - município dessa terra bonita e quente (muito quente!) que é o Vale do Aço.

Depois de pequena escala em jatinho e trem, chegamos (brincadeira, gente! (confiram as fotos)) e lá encontramos um pequeno, mas moderno teatro, na sede da Fundação ArcelorMittal Acesita.

Aliás, agradecemos à Fundação pela oportunidade, bem como ao Fernando Bustamente, que produziu essa nossa apresentação.
Obrigado!

Eis o nosso jatinho...

Entenderam o porque do avião?

A charmosa locomotiva é artigo de decoração na sede da Fundação

Sede da Fundação ArcelorMittal Acesita, em Timóteo.



Quem sabe, em breve, um bis?...


Extra
Re)Estréia é sempre motivo de alegria, de excitação, de emoção à flor da pele... E, desta vez, também não deixou de ser. Como podem testemunhar, Matheus e Léo ensinam que preconceito é bobagem e dão lições de massagem e de como montar uma "banda básica" para o seu grupo de Teatro...

(VÍDEO SERÁ POSTADO EM BREFE; É SÓ AGUARDAR)

terça-feira, 23 de março de 2010

MANIFESTO CONTRA A GESTÃO AUTORITÁRIA NA CULTURA DE BELO HORIZONTE

No próximo dia 27 de março deveríamos comemorar o dia internacional do teatro, mas neste ano a data não é merecedora de celebração festiva. Afirmamos isso com total certeza frente ao momento crítico no âmbito da gestão pública da cultura que vive a capital mineira.

Após acompanharmos a extinção espúria e na “calada da noite” da Secretaria Municipal de Cultura em 2004, vimos surgir uma Fundação Cultural inóspita, inoperante e, mais recentemente, com uma administração autoritária. O esvaziamento conceitual e a irresponsabilidade política dessa gestão chegaram a tal ponto que programas estruturantes e bem sucedidos como o Arena da Cultura e o BH Cidadania foram repentinamente suspensos. Quando imaginávamos que a situação não poderia ser pior, fomos afrontados com uma súbita mudança no orçamento da Lei Municipal de 2009 e o conseqüente atraso na divulgação de seu resultado. Não obstante tudo isso, o resultado divulgado é incoerente com a regulamentação da lei: o Fundo Municipal não recebeu os sessenta por cento de recursos garantidos pelo edital. Continuando a seqüência de leviandades, recebemos o comunicado do cancelamento da 10ª edição do Festival Internacional de Teatro a cinco meses de sua realização, acompanhado de justificativas inconsistentes e que desconsideram a importância do evento já garantido por lei. O mesmo despotismo que levou o prefeito Márcio Lacerda a proibir manifestações artísticas na Praça da Estação se reflete na atual administração da Fundação de Cultura.

O desrespeito com os artistas e trabalhadores da Cultura da cidade, sem a menor preocupação com a repercussão que tais fatos podem ter no trabalho e na sustentabilidade desse segmento, é recorrente nesta gestão. Não há mais como ficarmos calados e imóveis! Convocamos todos aqueles envolvidos com a Cultura da capital mineira, sejam profissionais da área ou cidadãos conscientes, que distribuam esse manifesto pelo país. Por outro lado, nós, abaixo assinados, exigimos que a Presidente da Fundação Municipal de Cultura, Sra. Thaís Pimentel, receba representantes de nossa categoria para um debate franco, democrático e transparente, que estabeleça novos paradigmas para a política cultural do município.




Propomos uma manifestação no dia 27 de março, a fim de denunciar todo o descaso com a cultura, exigir a realização do FIT-BH, melhores condições de trabalho para os artistas e de acesso para a população. Contra toda forma de mercantilização da cultura

DIA DA MANIFESTAÇÃO
DIA 27 DE MARÇO (SABADO)

● CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA DA ESTAÇÃO A PARTIR DAS 13H00MIM
● PASSEATA ATÉ A PREFEITURA MUNICIPALDE BELO HORIZONTE – SAIDA AS 15H00MIM..

segunda-feira, 22 de março de 2010

Mais sobre o cancelamento do FIT




*Reportagem de Silvia Dalben publicada em 19/03 no site UAI:

Após o anúncio do cancelamento da 10ª edição do Festival Internacional de Teatro Palco & Rua (FIT), muitos artistas se reuniram esta sexta-feira na frente do prédio da Fundação Municipal de Cultura (FMC), localizado no bairro Floresta, e inclusive impediram, por alguns momentos, a circulação de veículos na avenida Assis Chateaubriant, logo após o Viaduto Santa Tereza. Em reunião com Thaís Pimentel, presidente da FMC, e Carlos Rocha, coordenador do FIT, sete representantes da manifestação, entre eles o vereador Arnaldo Godoy e Rômulo Duque, presidente do Sinparc (Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais), entregaram uma proposta para a realização de um festival "enxuto" em 2010, privilegiando espetáculos nacionais, já que alegou-se falta de montagens internacionais suficientes para compor a programação.

Carlos Rocha e Thaís Pimentel se comprometeram a avaliar e dar uma resposta em breve. Na reunião e também numa coletiva com a imprensa, Rocha esclareceu melhor os motivos que levaram o cancelamento da 10ª edição do FIT e o adiamento para 2011. Vale ressaltar ainda que ele não foi "formalmente convidado" a estar na coletiva desta quinta-feira, quando foi feito o anúncio oficial por Thaís Pimentel.

Ele afirma que mudar o festival para anos ímpares era uma reinvidicação da curadoria desde o início do festival, em 1994, pela dificuldade de arrumar patrocínio em anos com eventos como a Copa do Mundo e as eleições. "O festival acontece em agosto, mas a captação começa em fevereiro, quando as empresas estão investindo em futebol, e não em cultura. Todo o marketing nesse período está direcionado para a Copa. Todas as vezes que realizamos o festival em ano de Copa do Mundo, tivemos o dobro ou o triplo de dificuldade de captação."

As eleições também dificultam a realização do festival por conta da Lei Eleitoral e da dificuldade de fechar patrocínio com empresas públicas, que ficam proibidas de exporem suas marcas durante o período. "Por exemplo, um grande patrocinador do FIT, fora a Prefeitura, é a Petrobras. Todo ano, é um trabalho imenso de convencimento. Temos que mandar pareceres e mais pareceres para definir como será a exposição da marca, principalmente quando coincide com eleições nacionais."

Sobre a dificuldade para compor a agenda de espetáculos internacionais, ele levanta o problema de agenda das companhias e de logística. Realizar o FIT em agosto - e não junho, como nos outros anos, por conta da Copa - esbarra na alta temporada de espetáculos no verão europeu. Ele citou ainda o alto custo das passagens.



Mas o fator determinante para o cancelamento da 10ª edição do FIT foi o atraso para o início da pré-produção, por conta de indefinições da equipe da FMC no início da gestão do prefeito Márcio Lacerda, e atraso no fechamento do contrato de parceria com alguma instituição cultural da cidade, que posteriormente foi assinado com a APPA (Associação Pró-Cultura Palácio das Artes), o que ainda acarretou no atraso para o pagamento do salário de profissionais envolvidos na organização do festival.

"2009 foi um ano extremamente atípico de pré-produção. Os anos anteriores a realização do festival são fundamentais, principalmente para a curadoria. E a gente teve uma somatória de problemas como a mudança de administração da cidade, o tempo que precisamos para a definição do parceiro e o tempo necessário para a formatação do convênio de pré-produção", explica Carlão. "Em resumo, todos estes procedimentos acarretaram em uma coisa fatal para o festival que, traduzindo, significa: a primeira viagem de curadoria do festival se deu exatamento no dia 27 de julho de 2009.Começamos o jogo perdendo sete meses em doze que teríamos."

Carlão não é a favor da proposta de realização de um "fitinho", por achar a 10ª edição muito representativa para a história do festival. Ele diz estar aberto ao diálogo mas, se for decidido pela realização do festival ainda este ano, não pretende coordená-lo. E, sendo realizado em 2011, será a última edição com sua coordenadoria. Ele também afirmou que a seletiva para espetáculos segue normalmente até o dia 28 de março, e será válida para as novas datas do festival entre junho e julho do ano que vem.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Cancelamento do FIT- BH 2010




"A presidente da Fundação Municipal de Cultura, Thaís Pimentel, anunciou na manhã de quinta-feira, em entrevista coletiva, que a edição 2010 do FIT-BH (Festival de Teatro Palco e Rua de Belo Horizonte) foi cancelada.

O evento deve acontecer apenas em 2011. Thaís Pimentel justificou a alteração de datas por este ser ano de Copa do Mundo e eleições presidenciais, e disse que a equipe de curadoria não teria conseguido encontrar um número relevante de boas montagens para criar a grade de programação do festival". (Soraya Belusi, O Tempo Online)

Diante desta notícia, artistas de toda a Belo Horizonte se reuniram na manhã dessa sexta-feira para um grande panelaço em frente a Fundação Municipal de Cultura. Mais de cem pessoas se reuniram fazendo muito barulho.

Ao meio dia, seis representantes da manifestação (Rômulo Duque, presidente do Sinparc, Cartuly Ferreira, presidente do MTG, Geraldo Otaviano, representante do Sated, Leonardo Lessa, do Grupo Teatro Invertido, Leo Quintão, da Cia. Pierrot Lunar e Ítalo Laureano, da Cia. Quatroloscinco), acompanhados pelo verador Arnaldo Godoy, entraram para uma reunião com a Sra. Thaís Pimentel e o Sr. Carlos Rocha. - informações de Fernanda Botelho

Postaremos aqui novas notícias sobre o cancelamento e os resultados dessa reunião assim que elas forem disponibilizadas. Não deixem de conferir!







"O artista por si só já é um ser político" Augusto Boal

II Conferêcia Nacional de Cultura



Depois de muita expectativa, foram concluídas as propostas da II Conferência Nacional de Cultura.

32 propostas foram escolhidas e vão 'nortear a construção do conjunto das políticas públicas de Cultura para o país nos próximos anos'.

Para conhecer as propostas e saber mais sobre a conferência, clique aqui!

quarta-feira, 10 de março de 2010

'Time' 2010 e 'pré-temporada'


O sorridente maridão da Deborah Secco já está se sentindo em casa.


Já o craque equatoriano chega em julho.



Se o Cruzeiro trouxe o Roger e o Galo tá trazendo o Méndez, a gente não deixou por menos...
É verdade que, esse ano, tivemos grandes desfalques com as saídas da Aksan Lindenberg e do Vinícius Albricker (que agora vão brilhar em outros 'times': ele com a 'Maratona de Nova York', ela com 'Quem Pergunta Quer Resposta!'; ambos em cartaz, em breve. Boa sorte, gente!), mas também é fato que nossa diretoria não perdeu tempo e correu atrás de grandes reforços. Confira uma breve apresentação:

MARIANA ARRUDA
. 28 anos;
. Atriz e professora;
. Também conhecida como Begônia (entenda em www.trupemariacutia.blogspot.com);
. Uma palhaça séria (é ela mesmo que diz, como vocês podem ver no video aí embaixo).

video


MATHEUS CARCARÁ
. 31 anos;
. Tocador de violão, guitarra, bandolim, gaita, flauta doce, clarineta (em breve), campainha...;
. Pai da Mirra (lá na Bahia) e do Isaac (hoje, com apenas 2 mesezinhos);
. Rapaz de ascendência nobre e cheio de expectativas (pra entender direito, só vendo o vídeo dele*, também).

video

*Ô gente, dá um desconto pra ‘nóis’ aqui. A gravação tá meio esquisita, é verdade... o entrevistador dá uma embolada na apresentação, o povo tá falando ao mesmo tempo, no fundo, mas, enfim, foi feito com carinho, e é o que importa, né? :) Obrigado pela compreenssão!




Completado o time, estamos no início da preparação para a maratona de apresentações desse ano, que, se Deus quiser, vai se bem longa. Acompanhem as imagens dos (como se diz na gíria do futebol) “primeiros trabalhos com bola”.


Olha a Mariana aí de novo! Desta vez, em ação.





Também o Mathues mostrando a quê veio.





Agora, o pessoal da 'das antigas': primeiro a Anna (nossa Clarinha).





A Clarisse aproveitando o ensaio também pra fazer a produção do grupo, afinal, toda hora é hora...





Taí a Michelle, dormindo. Brincadeirinha, gente! É só a personagem (a Adormecida).





Esse aí, sou eu (o Luiz Gonzaga). Já começando a pensar nesse post pro blog.




Ah, e, antes de concluir, voltando a falar da maratona de apresentações, anotem aí a data de nossas estréias em 2010:

. Dia 21 de março, às 17h, no Teatro da Fundação ArcelorMittal, em Timóteo;

. E, aqui em Belo Horizonte, 28 de março (domingo), às 11h e 16h, no Teatro do Sagrado Coração de Jesus, dando início ao nosso cronograma dentro do Cena Minas (Prêmio Estado de Minas Gerais de Artes Cênicas) 2010.

Aguardamos vocês!

Até lá!!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Criação Coletiva

O que é?

Processo em que um espetáculo “não é assinado por uma só pessoa (dramaturgo ou encenador), mas elaborado pelo grupo envolvido na atividade teatral. Com freqüência, o texto foi fixado após as improvisações durante os ensaios, com cada participante propondo modificações. O trabalho dramatúrgico segue a evolução das sessões de trabalho; ele intervém na concepção do conjunto por uma serie de ‘tentativas e erros’”.

É assim que Patrice Pavis, autor do livro Dicionário de Teatro, descreve o método artístico da Criação Coletiva. Esse método, surgido na década de 70 - está ligado – segundo Pavis, “a um clima sociológico que estimula a criatividade do indivíduo em grupo, a fim de vencer a ‘tirania’ do autor e do encenador que tendem a concentrar todos os poderes e a tomar todas as decisões estéticas e ideológicas.”




Cenas do processo de ensaios ainda bem no início.

Como nós fazemos?

A Confesso! Cia. de Teatro acredita no método da Criação Coletiva desde bem antes de vir a ser uma companhia... Ainda quando éramos apenas um grupo de alunos da UFMG querendo ‘brincar’ de fazer teatro.

E escolhemos esse método para praticar porque acreditamos que, coletivamente, sempre produziremos um resultado melhor. Somos todos atores bastante propositivos, que pensam além de suas funções designadas e querem compreender o espetáculo como um todo. Sendo assim, não caberia para nós qualquer outro método que na a criação coletiva.



Mais imagens do início de tudo.

Na “A Viagem de Clara”, a partir de um esboço de roteiro desenvolvido pelo diretor André Ferraz (sim, nós trabalhamos com o um diretor definido, no espetáculo), começamos a improvisar a narrativa criando e trocando de personagens, alterando cenas já pensadas, inclusive bolando juntos como seria o final da peça (!). Atores viraram também dramaturgos, maquiadores, figurinistas, compositores e tudo mais que permeia o fazer teatral – com o tempo, é verdade que cada um foi se identificando mais com determinadas atividades, mas, durante o processo, principalmente no início, compartilhamos tudo, inclusive funções.

O resultado: cada um se sente igualmente dono da peça. Todos somos responsáveis pelos pedacinhos daquela história. Tudo é feito e cuidado com um enorme carinho, pois aquele espetáculo é meu também...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Cena Minas

Estamos muito felizes!...



É com prazer que anunciamos mais uma vitória: fomos aprovados no Prêmio Cena Minas 2010!!!

Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, o programa viabiliza a circulação de projetos de teatro e circo visando a formação de público.

‘A Viagem’ passará por Belo Horizonte, Sabará, Conselheiro Lafaiete, Congonhas do Campo, Nova Lima, Sete Lagoas, Ouro Branco, Divinópolis e Itabirito.
Em breve, divulgaremos nossa agenda completa dentro do Cena Minas.

Aguardem!

Um FETO que deu cria!

No último mês de outubro, a Confesso! passou por uma experiência enriquecedora, que nos deixa lembranças muito boas: participamos da 9ª edição do Festival Estudantil de Teatro – FETOBH 2009.

O evento reuniu grupos de Belo Horizonte, do interior de Minas e dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Maranhão. Além de mostra competitiva, o FETO promoveu uma série de debates, seminários e oficinas entre os participantes e o público em geral.
Foi excepcional, por exemplo, ver no CaFETO – exatamente um ‘café’ com a participação dos grupos para conversar, promover trocas artísticas etc – que tanto atores paulistas, quanto os artistas-mirins de Raul Soares (MG) dividem as mesmas dificuldades, expectativas, garra e talento. É sempre bom entrar em contato com esses ‘outros’ pelo mundo, companheiros de uma mesma luta. Afinal, o Teatro não é a arte do encontro?

No fim, a cerimônia de premiação botou todo mundo pra dançar no Galpão 104, ao som de Marcelo Veronez, Lucas Santtana e dos DJs Palomita e Alexandre de Sena. Todo mundo comemorando os prêmios anunciados logo antes. ‘A Viagem’ levou três em sua categoria: Melhor Conjunto de Atores, Melhor Dramaturgia e Melhor Ator para Luiz Gonzaga Oliveira, além das indicações de Melhor Direção e Melhor Espetáculo. Confira a relação completa dos premiados abaixo:




CATEGORIA TEATRO NA ESCOLA
Prêmio de Espetáculo: A Ver Estrelas
Prêmio de Direção: Rony Morais (Beija-me) e Josiane de Fátima Souza (O Pote Vazio)
Prêmio de Dramaturgia: Undió Cia Teatral (A Última Rua antes do Beco)
Prêmio de Atriz: Pâmela Pereira da Silva Soares (O Pote Vazio) e Licinéia Jesanto (A Última Rua antes do Beco)
Prêmio de Ator: Deivid Ângelo (Beija-me) e Pedro Henrique Amaral (A Fantástica Saga do Rei Raul contra o Monstro Belzebu)
Prêmio de Conjunto de Atores: Grupo Cênico Tatu Bola (Beija-me)
Prêmio de Iluminação: Rogério Araújo (A Ver Estrelas)
Prêmio de Concepção Cenográfica: Ricca (A Ver Estrelas)
Prêmio de Figurino: Filipe Corrêa (A Fantástica Saga do Rei Raul contra o Monstro Belzebu) e Ricca (A Ver Estrelas)
Prêmio de Trilha Sonora: Grupo Teatral Colégio COC Imperatriz (Brasil, Flores e Canções)
Prêmio de Produção: Licinéia Jesanto e Poliana Silva (A Última Rua Antes do Beco) e Josiane de Fátima Souza (O Pote Vazio)


CATEGORIA ESCOLA DE TEATRO
Prêmio de Espetáculo: O Caderno Secreto de Lori
Prêmio de Direção: Marcelo Rocco (O Caderno Secreto de Lori)
Prêmio de Dramaturgia: Confesso! Cia. De Teatro (A Viagem de Clara - Em Busca do eu Perdido)
Prêmio de Atriz: Jéssica Azevedo (O Caderno Secreto De Lori)
Prêmio de Ator: Luiz Gonzaga Oliveira (A Viagem De Clara - Em Busca Do Eu Perdido)
Prêmio de Conjunto de Atores: Confesso! Cia. De Teatro (A Viagem de Clara - Em Busca do eu Perdido)
Prêmio de Iluminação: João Dadico (Eu Ainda Tenho Leite)
Prêmio de Concepção Cenográfica: Grupo Curisco de Teatro (Eu Ainda Tenho Leite)
Prêmio de Figurino: Grupo Curisco de Teatro (Eu Ainda Tenho Leite)
Prêmio de Trilha Sonora: Vinícius Albricker (O Caderno Secreto De Lori)
Prêmio de Produção: Joice Tavares Lopes da Silva (A Comédia do Trabalho) e Fernando Penido (Baal)

Relembrar é viver!

Estávamos remexendo em nosso álbum de memórias e lembramos de um acontecimento que não pode passar em branco: no dia o6/10, fizemos duas apresentações muito especiais para os alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Mário Mourão Filho, do bairro Céu Azul.
Ao todo, foram 700 alunos vibrando com as peripécias de nossa Clarinha e cantando junto o ‘Rock do Estômago’, o ‘Funk do Delgado’, o ‘Vremêio dos Caipira’ e demais músicas do espetáculo.
Uma semana depois, qual não foi a surpresa quando recebemos um envelope contendo desenhos e recadinhos... Eis uma amostra:


Esse aqui é da Melissa Mayara Lelis da Silva.


Agora, vemos o trabalho da Jéssica Heloisa Costa.


Esse é do Reynan da sala 6.


Jorge, também da sala 6.


Pra terminar, o recadinho do Iago da mesma sala.

Obrigado a todos os alunos que nos escreveram, com tanto carinho (a recíproca é verdadeira)!!!